Usar Ferramentas Kabalísticas para Criar Proteção

Menu Principal

Eventos & Cursos


Menu Principal

Assinatura


Torne-se membro

Descubra mais sabedoria e práticas para elevar a si mesmo, a sua vida e as pessoas ao seu redor. De artigos e vídeos semanais a aulas e eventos com transmissão ao vivo e presencialmente, há um plano de assinatura para todos.

Veja planos de assinatura
Assinatura em Destaque:
Comunidade
  • Benefícios inclusos:
  • Participe de webinars interativos toda semana
  • Assista a cursos completos on demand
  • Aproveite descontos em eventos, orientação em serviços individuais e produtos*
  • E muito mais...
  • Junte-se Hoje
  • *Nas localidades participantes. Haverá restrições aplicadas.
Menu Principal

Orientação


Vá ainda mais fundo na sabedoria da Kabbalah com orientação personalizada e leituras de mapas.
Encontro gratuito com um professor

Nossos instrutores dedicados estão aqui para ajudá-lo a navegar em sua jornada espiritual.

Solicite o Seu
Leitura de Mapa Astral Kabalístico

Aprender sobre nossa alma por meio de um mapa astrológico ajuda a dar mais significado e maior compreensão às experiências que enfrentamos, às pessoas que conhecemos, ao trabalho que fazemos e às bifurcações da estrada.

Agende uma leitura de mapa
Orientação Pessoal - Serviços do Kabbalah Centre

Sessões personalizadas individuais com um instrutor para aprofundar em uma área que lhe interessa ou oferecer suporte onde você mais precisa. As reuniões abrangem desde relacionamentos, tikkun e estudo profundo do Zohar, todas personalizados especialmente para você.

Reserve uma Sessão de Orientação

Usar Ferramentas Kabalísticas para Criar Proteção

Michael Berg
Março 30, 2022
Curtir 20 Compartilhar Comentários 4

A maior parte da porção de Tazria trata das leis de tzara'at, lepra. Em uma parte, é dito que a lepra pode ocorrer em três lugares: no indivíduo, em suas roupas ou em sua casa. O Talmud diz que dignos são aqueles a quem o Criador deu as ferramentas e dádivas: o tefilin, que usamos na cabeça e no braço, o tzitzit, que usamos em nossas roupas ou talit, e a mezuzá, que colocamos em nossas portas. Os kabalistas explicam que essas três ferramentas representam as três partes de nossas vidas: nosso corpo, as coisas que possuímos (roupas) e a nossa casa. Portanto, eles nos dizem que uma pessoa que usa essas três ferramentas pode purificar esses – e todos – elementos de sua vida.

“Consciência é tudo.” ~Rav Berg

No Talmud, Rav Eliezar, filho de Yaakov, diz: "Toda pessoa que usa essas ferramentas todos os dias não pecará", o que significa que ele não fará nada de negativo naquele dia. É dito que se usarmos essas três ferramentas estaremos protegidos, porque os anjos do Criador estão ao redor do indivíduo que as usa. O Rambam também disse que uma pessoa que usa o tefilin, o tzitzit, e tem uma mezuzá na porta não cairá, porque essas ações criam anjos que a protegerão.

No entanto, isso é verdade? Como os kabalistas de 2.000 anos atrás puderam afirmar que se você usar essas três ferramentas, você não cairá? Simplesmente não é verdade; conhecemos muitas pessoas, inclusive nós mesmos, que usam essas ferramentas todos os dias e caem. Então, como eles poderiam dizer que uma vez que alguém usa essas três ferramentas, eles têm anjos ao seu redor e estarão protegidos? A resposta é que não se trata apenas dessas ferramentas; meu pai, Rav Berg, sempre nos disse que “Consciência é tudo”, e é isso que se aplica aqui, porque usar as ferramentas não significa nada sem consciência. Não somos capazes de despertar deles a Luz e os anjos a que nos destinamos, a menos que nossa consciência esteja lá. E isso é verdade para todas as ferramentas que usamos, não apenas o tefilin, o tzitzit e a mezuzá.

Quantos de nós temos consciência, enquanto estamos usando essas ferramentas, de que "estou criando anjos que vão me proteger"? Quantos de nós, quando abrimos o Zohar e o lemos, realmente temos a consciência: "Enquanto estou lendo estas palavras, estou criando os anjos que vão me proteger hoje"? Quando foi a última vez que olhamos para a mezuzá em nossa casa e levamos um tempo para pensar: "Esta ferramenta vai criar os anjos para proteger a mim, minha família e minha casa"? Porque, a menos que tenhamos essa consciência constantemente, a mezuzá não está fazendo nada além de estar na porta, e toda a Luz e a proteção que todas essas ferramentas devem despertar e criar para nós não nos cercam.

"Nós podemos criar anjos."

Portanto, quando o Talmud diz muito claramente: "Se você fizer isso direito...", o que significa fazê-lo "direito"? Significa fazê-lo com real consciência. Aqueles que usam essas ferramentas e têm consciência ao seu redor não podem cair. É muito importante, e espero que cause uma mudança para todos nós na compreensão das ferramentas. Usá-las não significa nada e não tem o efeito para o qual elas nos foram dadas, a menos que reservemos um tempo para acessá-las com a consciência de que, "Enquanto estou fazendo esta ação, estou criando os anjos que vão me proteger"; sem fazer isso, é como se a ação em si não fosse nada, porque não estamos recebendo a proteção ou a Luz dessa ação.

Assim, da próxima vez que abrirmos o Zohar, colocarmos nosso talit ou olharmos para nossa mezuzá, precisamos nos perguntar se estamos fazendo isso porque achamos que devemos fazê-lo e que é a coisa certa a fazer, ou se estamos fazendo isso com a consciência de que estamos criando anjos que nos cercarão e nos protegerão. Se não estamos fazendo isso com essa consciência, é como se não estivéssemos fazendo, porque não estamos criando os anjos e recebendo a Luz e a proteção que essas ferramentas devem nos dar. E assim, a partir desse entendimento que recebemos no Shabat Tazria, eu realmente espero que todos nós comecemos a usar essas ferramentas de forma diferente. Porque a maioria de nós não recebe os anjos, a Luz e a proteção que essas ferramentas devem nos dar. No entanto, se as usarmos com consciência, podemos criar esses anjos, criar essa Luz e receber essa proteção.
 


Comentários 4