A Purificação da Alma

Menu Principal

Eventos & Cursos


Menu Principal

Assinatura


Torne-se membro

Descubra mais sabedoria e práticas para elevar a si mesmo, a sua vida e as pessoas ao seu redor. De artigos e vídeos semanais a aulas e eventos com transmissão ao vivo e presencialmente, há um plano de assinatura para todos.

Veja planos de assinatura
Assinatura em Destaque:
Comunidade
  • Benefícios inclusos:
  • Participe de webinars interativos toda semana
  • Assista a cursos completos on demand
  • Aproveite descontos em eventos, orientação em serviços individuais e produtos*
  • E muito mais...
  • Junte-se Hoje
  • *Nas localidades participantes. Haverá restrições aplicadas.
Menu Principal

Orientação


Vá ainda mais fundo na sabedoria da Kabbalah com orientação personalizada e leituras de mapas.
Encontro gratuito com um professor

Nossos instrutores dedicados estão aqui para ajudá-lo a navegar em sua jornada espiritual.

Solicite o Seu
Leitura de Mapa Astral Kabalístico

Aprender sobre nossa alma por meio de um mapa astrológico ajuda a dar mais significado e maior compreensão às experiências que enfrentamos, às pessoas que conhecemos, ao trabalho que fazemos e às bifurcações da estrada.

Agende uma leitura de mapa
Orientação Pessoal - Serviços do Kabbalah Centre

Sessões personalizadas individuais com um instrutor para aprofundar em uma área que lhe interessa ou oferecer suporte onde você mais precisa. As reuniões abrangem desde relacionamentos, tikkun e estudo profundo do Zohar, todas personalizados especialmente para você.

Reserve uma Sessão de Orientação

A Purificação da Alma

Karen Berg
Março 20, 2022
Curtir 41 Compartilhar Comentários 2

Este artigo sobre a porção da semana foi publicado originalmente em 2019. 

Nós aprendemos que aqueles que reencarnam sob o signo de Peixes vêm para completar o trabalho final do mundo. Uma alma como essa viajou por muitas vidas e o Pisciano está na Terra para completar sua limpeza e purificação. Neste mês de Peixes 2, todos nós estamos experimentando o fim da roda do zodíaco e, com isso, aparece nosso resíduo espiritual e os aspectos internos que precisam de purificação. Mas não só os piscianos têm a oportunidade, neste mês, de amarrar as pontas soltas e se purificar – nós todos poderemos experimentar esta energia. Felizmente, o Criador está sempre olhando por nós e nos oferecendo o amor e a assistência de que precisamos. Nesta semana, à medida que lemos a porção final da Torah que é lida no mês de Peixes, recebemos a dádiva da limpeza e purificação espiritual. Somos banhados nas águas de Peixes e nos tornamos completos uma vez mais, concedendo-nos a renovação do espírito e o mais puro dos corações para o futuro.

“Nós todos poderemos experimentar esta energia.”

A porção desta semana é Shmini, e ela é lida no que chamamos Shabat Parah. Shabat Parah é o Shabat de purificação que sempre ocorre exatamente antes do começo do novo ano astrológico e do mês de Áries. O Criador está sempre nos proporcionando o antídoto antes que o caos comece e, nesta semana, recebemos a restauração de que precisamos para começar o novo ano com o pé direito. Shmini nos leva até o momento que se seguiu à ordenação dos sacerdotes e do início do seu trabalho de cura. Infelizmente, dois dos filhos de Aarão pereceram durante esse processo. A purificação e os sacrifícios exigiram comportamento muito específico e eram feitos diretamente com o Criador – a energia estava além de qualquer coisa compreensível. Assim como seria lidar diretamente com o Sol, a energia teve potencial de causar um desastre, como o fez com os filhos de Aarão. Mas Aarão entendeu imediatamente que sua grande perda era a purificação e o equilíbrio de seu próprio karma. Aarão sabia de sua participação na criação do Bezerro de Ouro, o ídolo substituto de Moisés. Ele sabia que havia diminuído sua única proteção e Luz ao criar esse substituto de Moisés e do Criador. Como resultado desse erro, ele sabia que seus filhos lhe foram tirados. Sua grande perda foi uma necessária purificação e um equilíbrio da energia kármica do processo único de Aarão. Somado a este equilíbrio kármico de energia, temos o Shabat Parah. Shabbat Parah significa o Shabat da Vaca Vermelha. O Midrash nos diz que a Vaca Vermelha era a mãe do Bezerro de Ouro. Como pode ser que um animal sagrado sacrificado tenha dado à luz um ídolo de ouro? Isso nos mostra claramente que há uma conexão metafísica entre o Bezerro de Ouro e o poder purificador da Vaca Vermelha. Nesta porção adicional do Shabat Parah, lida nesta semana em conjunto com Shmini, lemos sobre o sacrifício da Vaca Vermelha. Milagrosamente, pelo sacrifício dela, a queda inteira dos israelitas com o Bezerro de Ouro é eliminada e purificada. A história de Aarão e o Shabat Parah nos fornecem uma das maiores oport
unidades de purificação espiritual, bem como a liquidação de dívida kármica para o ano inteiro. Essas dádivas vêm para nos purificar de quaisquer erros que tenhamos feito, fazendo-nos renovados e prontos para que as bênçãos venham. 

“Essas dádivas vêm para nos purificar de quaisquer erros que tenhamos feito.”

Às vezes, na vida, nós nos perguntamos “Por que isso está acontecendo comigo?”. A vida pode ser cheia de desafios e dificuldades. Muitas vezes, as coisas não vão do nosso jeito e surgem bloqueios no caminho. Às vezes, Deus não permita, podemos até vivenciar dor inacreditável e perda, como Aarão. É nesses momentos que, se estivermos abertos para isso, poderemos lembrar que o universo é feito de compaixão e amor. O Criador está sempre enviando a nós o caminho mais misericordioso, de maneira que possamos continuar a evolução de nossas almas. Primeiro nos envia um seixo, depois uma pedra e, depois, um tijolo. Dificuldades existem para abrir nossos olhos e para examinar onde nos desviamos do curso. Desafios aparecem nas nossas vidas para nos purificar, ajudar a aprender uma lição ou apenas para abrir um pouco mais nossos corações. Em nossos tempos de tristeza, nós não aprendemos a ter empatia? Em tempos de preocupação e medo, não estamos inclinados a voltar nossos olhos para cima e pedir ajuda? Em nossa própria dor, não nos iluminamos para a dor dos outros? Quaisquer que sejam os desafios que enfrentamos, eles são colocados diante de nós somente e inequivocamente para nosso próprio benefício e crescimento. É nestes dias finais de Peixes que aceitamos os desafios que temos, sabendo que somos nós que nos beneficiamos da purificação que esses desafios trazem. Shabat Parah, com a leitura da porção de Shmini, nos oferece a valiosa dádiva da purificação misericordiosa de nossa alma. 

Nesta semana, em sua meditação, vá até o mar. Veja a si mesmo parado em frente ao belo azul da água que se estende muito além da sua visão. O mar é de um azul cristalino e sem ondas. O Sol brilha em um céu sem nuvens e o dia está quente. Entre na água devagar e banhe-se nessa água aquecida, permitindo que ele o cerque. Deixe-se imergir abaixo da superfície, mergulhando completamente. Sinta a água te purificando. Você agora está livre do passado e livre dos seus erros. Você está purificado. Você se sente mais leve e sem limites. Não há mais obstáculos no seu caminho. Veja sua vida preenchida somente por bênçãos. Veja-se renovado em sua conexão com a sua própria alma e com a Luz do Criador. A cobertura de seu coração foi removida. Você sente seu coração aberto. Você está pronto para dar amor a todos que necessitam dele e está aberto para receber todo o amor que você precisa. 


Comentários 2