Um Mundo Pequeno

Menu Principal

Eventos & Cursos


Menu Principal

Assinatura


Torne-se membro

Descubra mais sabedoria e práticas para elevar a si mesmo, a sua vida e as pessoas ao seu redor. De artigos e vídeos semanais a aulas e eventos com transmissão ao vivo e presencialmente, há um plano de assinatura para todos.

Veja planos de assinatura
Assinatura em Destaque:
Comunidade
  • Benefícios inclusos:
  • Participe de webinars interativos toda semana
  • Assista a cursos completos on demand
  • Aproveite descontos em eventos, orientação em serviços individuais e produtos*
  • E muito mais...
  • Junte-se Hoje
  • *Nas localidades participantes. Haverá restrições aplicadas.
Menu Principal

Orientação


Vá ainda mais fundo na sabedoria da Kabbalah com orientação personalizada e leituras de mapas.
Encontro gratuito com um professor

Nossos instrutores dedicados estão aqui para ajudá-lo a navegar em sua jornada espiritual.

Solicite o Seu
Leitura de Mapa Astral Kabalístico

Aprender sobre nossa alma por meio de um mapa astrológico ajuda a dar mais significado e maior compreensão às experiências que enfrentamos, às pessoas que conhecemos, ao trabalho que fazemos e às bifurcações da estrada.

Agende uma leitura de mapa
Orientação Pessoal - Serviços do Kabbalah Centre

Sessões personalizadas individuais com um instrutor para aprofundar em uma área que lhe interessa ou oferecer suporte onde você mais precisa. As reuniões abrangem desde relacionamentos, tikkun e estudo profundo do Zohar, todas personalizados especialmente para você.

Reserve uma Sessão de Orientação

Um Mundo Pequeno

Michael Berg
Maio 18, 2022
Curtir 16 Compartilhar Comentários 6

Normalmente, quando há uma mensagem do Criador para os israelitas, há uma conversa que começa com o nome do Criador sendo revelado, na maioria das vezes através de Moisés, e de Moisés até nós. No entanto, a porção de Bechukotai começa sem essas palavras. É uma das únicas porções onde há uma mensagem, um ensinamento, do Criador sem menção ao nome do Criador; isso nos dá uma ideia de que há algo único na Luz que é revelada esta semana.

Bechukotai lida com coisas que estão acima tanto da compreensão quanto da capacidade humana; o que queremos aprender esta semana é que muito do que precisamos fazer e corrigir são coisas que realmente não podemos controlar. Então, a questão é, se realmente chegarmos ao entendimento de que a assistência de que precisamos, as bênçãos de que precisamos e a correção de que precisamos muitas vezes está além de nossa possibilidade de controle, então o que fazemos? Como corrigimos o que não está sob nosso controle? 

"Para cumprir nossa correção e também criar um grande impacto no mundo, temos que nos esforçar para fazer o trabalho espiritual"

Há momentos, por exemplo, em que pretendemos fazer algo positivo, mas nem sempre funciona dessa maneira, especialmente em relação a outra pessoa. Em retrospecto, pensamos que talvez deveríamos ter tratado essa pessoa de uma maneira diferente, e então o tempo passa e queremos encontrar uma maneira de corrigir, mas muitas coisas aconteceram desde então. Como corrigimos coisas como essa que se manifestaram além do nosso controle? Para que os negócios tenham sucesso, por exemplo, um indivíduo não controla todas as variáveis necessárias para que ele dê certo. Existem inúmeras coisas que nós sabemos e não sabemos que estão além do nosso controle; então, como podemos controlá-las ou influenciá-las?

A maneira de iniciar essa consciência é primeiro entender verdadeiramente que o que precisamos espiritual e fisicamente para realizar, criar, atrair ou corrigir está além de nós. Logicamente, sabemos que controlamos uma esfera de influência muito pequena, mas obviamente o que precisamos fazer neste mundo está muito além disso. Como chegamos lá?

“Quando fazemos o máximo de trabalho, a Luz do Criador garante que essa influência permeie o mundo inteiro.”

Se uma pessoa faz uma ação interna negativa que não tem uma influência negativa sobre mais ninguém, então, ao compreender o processo espiritual de correção, sabemos que qualquer dano que ela tenha causado pode ser corrigido. No entanto, uma vez que entramos na categoria de coisas que fizemos a outra pessoa ou maneiras pelas quais influenciamos alguém negativamente, podemos despertar todos os tipos de medos, porque não sabemos como vamos corrigir isso. Como vamos mudar algo que fizemos para outra pessoa... e quem sabe que outros efeitos negativos isso também teve? Há tanta coisa que temos que corrigir e tanta coisa que temos que influenciar que está além do nosso controle. Então, como fazemos?

Aqui está a resposta. Temos que começar com a clareza de que, para realizar tudo o que nossa alma veio a este mundo para realizar, tanto física quanto espiritualmente, temos que ser capazes de chegar ao estado em que nossa influência vai além do que é natural e normal. Temos que ser capazes de chegar ao estado em que podemos influenciar além do que é natural para um indivíduo conseguir influenciar.

Há um conceito que diz que o Criador terminará o trabalho. Se um indivíduo faz tudo o que pode e precisa fazer para corrigir e mudar, isso influencia o mundo. Há uma bela seção onde o Ari pergunta por que é dito sobre a criação do homem: “Façamos o homem”, quando obviamente a Luz do Criador é singular; por que o plural é usado? O Ari diz que antes da criação de cada pessoa, o Criador pegou um pedaço de tudo, de cada mundo superior, de cada parte deste mundo físico, para usar na criação de um ser humano. E é por isso que se chama olam katan, um mundo pequeno, porque há um aspecto de tudo no mundo do qual somos feitos.

Portanto, o Ari explica que quando diz: “Façamos o homem”, significa que o Criador pegou um pedaço de tudo, tanto o mais alto quanto o mais baixo, o mais espiritual e o mais físico, e criou cada um de nós com isso, o que, portanto, significa que temos uma conexão inerente com tudo e todos neste mundo. Como tal, isso significa que, em um certo nível, podemos expandir nossa influência para literalmente tudo.

"Contagem do Omer é sobre transformação pessoal para ganhar a Luz do Criador."

Para fazer isso, não é apenas necessário fazer o trabalho espiritual, mas também se esforçar para fazer o trabalho espiritual. Por exemplo, digamos que alguém tenha uma consulta médica ou um pequeno procedimento marcado. Com o conhecimento que adquirimos com este ensinamento, agora entendemos que dentro dessa pessoa, há um pedaço do médico, e há um pedaço do bisturi ou ferramenta que o médico vai usar para o procedimento. Como ela desperta a Luz dentro do médico ou da ferramenta? Esta manhã, quando acordou, ela teve uma escolha a fazer sobre se ele iria ou não fazer sua conexão matinal. E então, se escolheu fazê-la, ela teve que escolher se iria ou não investir todo o seu esforço nisso. Digamos que ela teve dois minutos para ler o Zohar, e investiu 50% de seu esforço, então a influência que vai se expandir fora dela é de 50%, que talvez vá para o médico, mas não para o bisturi.

Temos o potencial de influenciar tudo o que é externo a nós, mas a única maneira de fazer isso é maximizando nosso impulso interno, porque, novamente, cada indivíduo tem um pedaço de tudo no mundo dentro de si. Como tal, cada indivíduo tem o potencial de influenciar todas as partes do mundo. Mas a maneira de fazer isso é maximizando esse pequeno mundo, maximizando a conexão espiritual desse pequeno mundo na medida em que o indivíduo se força a se conectar.

Quando uma pessoa se esforça até esse limite e faz o máximo que pode fazer na correção de seu próprio mundo interno, então a influência vai para todo o resto do mundo para tudo o que ela precisa. É por isso que se diz que realmente o trabalho da Contagem do Omer é sobre transformação pessoal para receber a Luz do Criador. Realmente o trabalho mais difícil é até o 33º dia do Omer, Lag b'Omer, porque depois desse trabalho, o Criador faz o resto do trabalho por nós. E os dias restantes são o valor numérico da palavra “bem”, porque então o bem acontece. Se você fez todo o trabalho até Lag b'Omer, se fez todo o trabalho que pode fazer para o seu mundo interno, pode ter certeza de que tudo o que precisa no mundo externo acontecerá para você.

Precisamos influenciar o mundo e é por isso que precisamos desesperadamente estar constantemente nos esforçando para maximizar nosso trabalho interno. E podemos influenciar o mundo, porque somos feitos de tudo no mundo. Mas só podemos influenciar o mundo na medida em que estamos influenciando e maximizando o trabalho de nosso mundo interno. É disso que trata este Shabat. 

O Criador não é mencionado no início da porção, porque não é sobre o Criador; é sobre como influenciamos tudo o que está fora de nós. Primeiro, entendemos que para realmente realizar o que precisamos neste mundo, isso só pode ser feito influenciando tantos fatores que nem começamos a entender. Devemos ter essa influência, porque somos feitos de tudo no mundo. Mas a única maneira de realmente ativá-lo é maximizando o trabalho em nosso mundo. Por isso temos que nos esforçar para não cair ou fazer ações negativas, pois isso diminui nosso mundo interno. E quando diminuímos nosso mundo interno, estamos diminuindo nossa influência no mundo. É disso que trata esta porção inteira, que não coincidentemente é a 33ª porção. O 33º dia do Omer, e a 33ª porção, representa todo o trabalho máximo. Quando fazemos o máximo de trabalho, a Luz do Criador garante que essa influência permeie o mundo inteiro.


 


Comentários 6